sexta-feira, abril 25, 2008

25 de Abril


Interessante admiração essa do Presidente da República Portuguesa ao demonstrar admiração pelo conhecimento insuficiente dos Jovens Portugueses sobre a Revolução de Abril.

Será que este nosso Presidente conhece a realidade das nossas escolas e das nossas famílias?

É que fica difícil cumprir um programa curricular e dar a conhecer, com o aprofundamento necessário, factos da nossa história (que por natureza é densamente rica) nos tempos que correm.
Ora vejamos, do pouco que conheço, a Revolução de Abril é focada nos anos terminais, ou seja, 4º ano, 6º ano, 9º ano, sabendo que é um conteúdo do 3º período, sabendo que é neste período a preparação para exames, sabendo que o calor aperta demasiado (e as escolas, na sua maioria, não têm ar condicionado), sabendo que os professores têm de cumprir o programa (anos terminais, certo?), sabendo que estes mesmos professores tiveram de concluir o programa do ano anterior (pois o tempo atribuído às aulas de História não é o suficiente), como é que se quer que tal acontecimento seja dado com a profundidade necessária.

Passemos às famílias portuguesas, que tempo útil possuem para estar com os filhos? Se a classe trabalhadora sai de casa pela madrugada e regressa quase de noite, como é que estes pais conseguem dar o acompanhamento devido aos seus rebentos?

Nem me debruço mais sobre estes aspectos atendendo à noticia que li logo a seguir.

Então o nosso 1º Ministro, Sr. Eng. José Sócrates, pretende disponibilizar tempo aos jovens para os despertar para a política? E só toma essa decisão porque Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa está admirado com a insuficiência de conhecimento dos jovens portugueses sobre a Revolução de Abril? Os jovens precisam de mais, de muito mais.

Nestes meus trintas e poucos anos fiquei foi verdadeiramente revoltada e nem pretendo apontar o dedo a alguém. Só gostaria que parassem um pouco de demagogias e pensassem no pais real em que (sobre)vivemos.

17 comentários:

Anónimo disse...

E com tanto que Sª .Exª tem para se preocupar neste Pais...

A melhor resposta que ouvi a esta preocupação, foi a do Presidente Carlos César, em poucas palavras disse, que o que importava mesmo é que os jovens vivessem em liberdade.

Agora toca andar pó Campo de S.Francisco, comprar galos de acucar, bolinhas de farelo e pipocas vermelhas, que hoje os malucos tem ordem de saida!!!

Ah e caranguejos, naqueles cestos de vimes,cheio de limos...o que a Asae havia de gostar das nossas Festas....

4C-A

Sónia Miranda disse...

Tou nessa.. ai um galinho de açucar é que era! Hum.. agoa já nem sei o que ia dizer.. bolas!! lol
Beijinhos*

Prof. Marcelo Rebelo de Sousa disse...

20 valores. Dou 20 valores a este comentário político. 20 valores e um bolo-rei ao Presidente da República.

Jordao Farias disse...

25 de Abril sempre! E todos os dias, pronto todos também não mas metade dos dias do ano, a outra metade era 25 de Dezembro! Que tal hein?

Anónimo disse...

Possa!!!



o




que



eu



gosto




desta






...


...



...


imagem!!!!



é




tão



tão



colorida.





Maria clarinda


I
I
I
V


isto é uma seta ----»



beijos muitos, ah e jinhos, muitos também acho que são mil

:D :D :D :D

Sónia Miranda disse...

E que tal fazer uma sugest�o ao blogger e banir os comments an�nimos? Era de maneiras que tinhamos menos cromos por estes lado!! Irra! H� l� gente desocupada!

Jordao Farias disse...

O que nos vale é o canal de História e outras para assim ir aprendendo alguma coisa, rápidamente e sem muito esforço!

Anónimo disse...

"Banir" é uma palavra tão feia.
E pk não "banir" da exkola os alunos k não souberem o k foi e pk se deu o 25 Abril?
E "banir" daki kem exkreve axim.
E "banir" kem ker "banir"?
O melhor é acabar com esta coisa da "blogosfera".

Tenho dito.
(anónimo k sabe bem kem é)

O Profeta disse...

Na água tudo se perde
Lavas do rosto a desventura
Uma lágrima é simples gota
Perdida do mar da ternura




Bom domingo



Doce beijo

Anónimo disse...

Soninha:
Olha que o blogger é capaz de aceitar a tua sugestão, mas até lá não te quero deixar ficar mal.
então toma nota da minha identificação
O nome é mesmo Maria Clarinda, B.I 74681257, Nif 150911122, natural de S.Sebastião Ponta Delgada, de signo Balança, tenho 1,68m ,55 quilos e calço o 36.
Desculpa não te dar o Nib, mas juro que não o sei de cor.

Agora pensa comigo um pouco:
Inarq tem um bloque com moderação de comentários, certo?
Se lhe incomodasse tanto assim as faltas de identificação, nem os publicava, certo?
Logo...és capaz de estar a por a foice em seara alheia ...
E sabes, banir, seja lá o que for é sempre um acto radical, e eu sou mesmo a favor da tolerância, da democracia, e da livre expressão das ideias e vontades, afinal este post também fala disto mesmo...da liberdade.
Vá e depois, deste momento Zen, não te chateies, e relaxa, afinal a vida é curta e tu és novinha.
De qualquer forma se tiveres mais alguma duvida, diz-me que deixo o meu numero de telemovel para esclarecermos as ditas.

Sónia Miranda disse...

Lá está! E se fosse só banir quem fosse anónimo e chato? Boa? lololol

In@rq disse...

Bem, vou ter de deixar umas palavrinhas por este espaço:

1º os anónimos são bem vindos,
2º a sónia tem direito à sua opinião e de a manifestar,
3º Maria Clarinda vou dar-te o meu NIB para deixares lá um contribuição, e sê generosa,
4º a parte do banir fica apenas para aqueles que se portam muito mal e sem estilo.

Só não vos peço para darem beijinhos pois isto é apenas um espaço virtual.

Mais do que tudo divirtam-se.

Sónia Miranda disse...

Mas andamos todas tão sensíveis... Deixem-me adivinhar são amigas do 1"pêtcho"? lol

Anónimo disse...

A inarq obrigada por acarinhar os seus fieis anónimos

A maria Clarinda 20 valores pela resposta cheia de humor que subscrevo na integra.

aprendam!

Anónimo assumido!

Anónimo disse...

queria mesmo era ouvir o k 4ca ia dizer disto tudo.é k alem de gostar deste blogue meio passado gosto dos comentarios dele tambem.

ja k tamos em maré de anonmimos aki estou eu k venho sempre mas n comento mas agora teve de ser

isto é um pais de 9.999 anonimos e vivam eles

Anonimo da amadora

Anónimo disse...

Abaixo os anónimos.

Ass.: O Incógnito.

cláudia santos disse...

Proponha que se faça um campo de férias onde se recria o antigo regime. Os jovens eram levados para lá e tinham de viver segundo os príncipios vigentes, durante um mês.
Dava-se a liberdade àquele que aguentasse mais tempo. Os restantes eram presos e torturados. Dava-se a oportunidade a 10% para serem exilados.
Queria ver quantos é que se esqueciam... ;)
Bem... eu só nasci 15 dias antes da revolução. Fui concebida na opressão e vivo na liberdade.
Bem haja a quem nos permitiu isso.

cláudia santos